CAPRICHOSAS FORTUNAS

CAPRICHOSAS FORTUNAS

Maria José Rocha Lima
Éramos três professorinhas em formação: Telma Bacelar, Mara Renee Buzahr Buzahr, Maria José Rocha Lima. Três estudantes aplicadas; compenetradas do Curso Normal do Instituto Central de Educação Isaías Alves – ICEIA, o segundo instituto para formação de professores criado no país, senão o primeiro, pois há uma disputa histórica. Honrávamos essa tradição de sermos os melhores. As nossas fotos estampam o nosso orgulho; a dedicação aos estudos; o amor aos clássicos; a nossa compenetração, até quando brincávamos. Os gestos parecem falar; compõem o retrato do que havia de melhor na, nossa geração, na Bahia. Orgulhávamos de pertencer à melhor escola de formação para professores do Brasil. Os nossos professores, como falou Pedro Calmon de certa feita: “eram os melhores do mundo, no sentido de serem os melhores da sociedade em que vivíamos; eram aquelas personalidades colendas e provectas”. Isto é, dignas de acatamento e veneração; respeitáveis.Eram aqueles professores que conhecem muito um assunto ou uma ciência; experientes, versados, verdadeiros mestres.Eles, segundo Pedro Calmon “ensinavam a sua doutrina dentro da autoridade que distinguia e acentuava o respeito que lhes dedicavam; que distinguia o mestre dos alunos” E era incrível, como nós, esse triozinho entendia tudo isto, como ninguém! Erámos alunas do grande historiador baiano Luiz Henrique Dias Tavares; da historiadora Consuelo Pondé de Sena, mais tarde Presidente do Instituto Histórico e Geográfico; um dos principais nomes da cultura baiana na segunda metade do século XX e começo do século XXI; presidiu o Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB) por cinco mandatos, era membro da Academia de Letras da Bahia e correspondente da Academia Portuguesa da História; éramos alunas de Consuelo Novais Sampaio, cadeira número 40 da Academia de Letras da Bahia – ALB e foi diretora do Centro de Memória da Bahia entre os anos 2003 e 2011. Alunas de Coriolinda Vasconcelos, Babinha, a famosa professora de Psicologia; tínhamos convidados da Escola Normal personalidades como: Hidásio Tavares um dos mais destacados escritores da Bahia. Fomos alunas de Nilda Castro professora de Letras e de Grego da Universidade Federal da Bahia. Ela estudou 0 canto undecimo da Odisséia de Homero e recitava para nós, em classe. A famosa estudiosa de Didática Heloísa que publicou várias obras, inclusive enquanto nos dava aula. A famosa contadora de histórias da Bahia, que agora me falha a memória, Professor Hermano Gouveia, depois vereador de Salvador, dentre outros. que se vocês se lembrarem citem-nos. Éramos assim, normalistas, meninas simples que buscavam uma sólida formação técnica e humanista.
Maria José Rocha Lima mestre e doutoranda em Educação. Foi deputada da Bahia de 1991 a 1999. É fundadora da Casa da Educação Anísio Teixeira.

Comente isso

Leave a Reply

FALE COMIGO


Sempre separo duas horas do meu dia para responder os internautas. Será um prazer te conhecer e responder a sua mensagem.

Endereço:

515 Sul, Bloco C, sala 105, Edifício Alpha Brasília
Entrada pela W2

Telefone:

(061) 3245-1573

Horário:

Segunda-Sexta 8h – 20h
Sábado-Domingo 8h – 15h

A hora é de assumir posições, sem ódio, medo e enganação.
Se é para deixar como está, é melhor nem tentar.

© 2018 Todos os Direitos Reservados ~ Equipe Miguel Lucena