APRENDER É UMA ALEGRIA

APRENDER É UMA ALEGRIA

 Maria José Rocha Lima

Os estudos de James Heckman – Prêmio Nobel de Ciências Econômicas de 2000 – concluíram “que as capacidades não estão definidas ao nascer ou são apenas determinadas geneticamente, mas são afetadas causalmente pelo investimento dos pais em suas crianças e que uma medida apropriada de desvantagem está mais relacionada à falta de qualidade do cuidado oferecido pelos familiares, do vínculo, da consistência e da supervisão, que da renda familiar por si só”. E eu particularmente tenho constatado numa reveladora experiência, em âmbito da família, de que as crianças pequenas são altamente receptivas e aprendem com uma extraordinária facilidade. A minha experiência é com uma menininha, Luiza Aragão, neta do cantor e compositor baiano Wilson Aragão e da artista plástica Miriam Aragão. Luiza tem pais Rui Aragão e Gabriela Barros Aragão extremamente amorosos; presentes; dedicados e delicados, principalmente quando se trata de lidar com as emoções de Luiza. Eles vêm acompanhando os estudos da Primeira Infância e a mãe cuida da criança com muita perspicácia e delicadeza. É um trabalho pedagógico, que nem todos os especialistas. A estimulação é permanente: muitas leituras: contação de histórias; rotinas bem definidas; rituais que se repetem; muita música; joguinhos diversificados com blocos; jogos eletrônicos, etc. A menina com apenas dois anos já possui um rico acervo de palavras, já incontável. Com apenas 1(um) ano e nove meses já sabia mais de 100 (cem) palavras e as usava em contextos apropriados. Agora, com dois anos Luiza reconhece muitas letras do alfabeto, associando-as afetivamente a familiares. Estes dias que nos visitou em Brasília, nos surpreendeu soletrando correta e espontaneamente o seu próprio nome, inscrito numa frasqueira; realiza pseudo – leitura com os livros infantis, de que mais gosta; recita o alfabeto em inglês; reconhece as principais formas geométricas e cores; conta até trinta, correlacionando a objetos, pedrinhas e conchinhas que a vovó afetiva as disponibilizara. Tudo isto, com a maior alegria do mundo.

Maria José Rocha Lima é mestre e doutoranda em educação. Foi deputada estadual de 1991 a 1999. é fundadora da Casa da Educação Anísio Teixeira.

Comente isso

Leave a Reply

FALE COMIGO


Sempre separo duas horas do meu dia para responder os internautas. Será um prazer te conhecer e responder a sua mensagem.

Endereço:

515 Sul, Bloco C, sala 105, Edifício Alpha Brasília
Entrada pela W2

Telefone:

(061) 3245-1573

Horário:

Segunda-Sexta 8h – 20h
Sábado-Domingo 8h – 15h

A hora é de assumir posições, sem ódio, medo e enganação.
Se é para deixar como está, é melhor nem tentar.

© 2018 Todos os Direitos Reservados ~ Equipe Miguel Lucena